Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TELHADELA

Perspectivas e considerações

TELHADELA

Perspectivas e considerações

Forno da telha

  Este artigo não será mais do que um breve pesar, pois o último forno da telha existente em Telhadela, está prestes a ruir.

  Oriundo do latim, o topónimo Telhadela remete-nos de imediato para o fabrico de telhas, efectivamente a nossa aldeia foi um importante local na produção de telhas, terá sido esta actividade que originou o nome da nossa aldeia, provavelmente já haveria produção na época do domínio romano, pois os romanos utilizavam-na em grande escala. É natural que o fabrico de telhas não fosse só para consumo local, mas sim para comercializar em toda a região, situação a que não terá sido alheio o facto da estrada romana Lisboa - Braga passar a pouca distância de Telhadela, factor que permitiria o fácil e rápido escoamento do produto.

  A título de curiosidade e relacionado com o tema em análise, num documento notarial lavrado na vila da Bemposta datado de 1704, referente a Telhadela é descrito que uma casa era coberta a telha e outra colmo, no entanto aqui o ponto a reter é que no início do séc. XVIII havia em Telhadela casas cobertas com colmo.

   Bom, posto isto, o certo é que os vários fornos da telha que algumas décadas atrás ainda existiam em Telhadela, nomeadamente na zona do Vale do Moinho, já só resta um exemplar nos Carvalhinhos em condições de preservação muito precárias.

   Seria bom que os Telhadelenses se aplicassem na recuperação deste património colectivo, pois é a eles, (fornos) que Telhadela deve o topónimo, reafirmamos.     Interior do forno